Agenda

Concertos Afro-Brasileiros

CONCERTOS AFRO-BRASILEIROS, NA CAIXA CULTURAL SÃO PAULO

28 a 31 de julho de 2016 | 19h15

A CAIXA Cultural São Paulo tem, nos últimos dias de julho, um projeto musical inédito: os Concertos Afro-Brasileiros. Com entrada gratuita e patrocínio da Caixa Econômica Federal, o projeto tem em sua programação composições de autores brasileiros inspiradas em temáticas africanas e afro-brasileiras. Com curadoria de Fábio Caramuru, pianista e compositor, e de Ligia Fonseca Ferreira, professora e pesquisadora, doutora pela Universidade de Paris 3 – Sorbonne, com tese sobre Luiz Gama (um dos mais combativos abolicionistas de nossa história), hoje docente do Departamento de Letras (área de língua e literatura francesa) da UNIFESP-Universidade Federal de São Paulo.

Os concertos têm programas diferentes e serão apresentados duas vezes cada. Nos dias 28 e 30 de julho, quinta-feira e sábado, reunindo os músicos Fábio CaramuruDaniel Murray e o trio Hercules GomesLeandro Oliveira e Joelson Menezes, peças instrumentais de autores como Pixinguinha, Patápio Silva, Camargo Guarnieri, Villa-Lobos e Carlos Gomes. Destaque para “A Cayumba (Dança dos negros)”, de Carlos Gomes, obra de 1857, primeira dança negra do nosso repertório pianístico. Nos dias 29 e 31 de Julho, sexta-feira e domingo, com as cantoras Edna D’Oliveira e Edineia de Oliveira e os músicos Marco Bernardo ePatricia Ribeiro, peças instrumentais e vocais de autores como Waldemar Henrique, Hekel Tavares, Ernâni Braga e Villa-Lobos, além de uma série de canções africanas. Destaque para “Xangô”, de Villa-Lobos, canto fetiche de macumba escrito em 1919. Ao final de cada uma das apresentações a música brasileira de inspiração africana será discutida pelos artistas e pelo público presente, sempre com mediação da professora Ligia F. Ferreira.


QUINTA-FEIRA, 28 de Julho & SÁBADO, 30 de Julho – 19h15

DANIEL MURRAY, violão

  • Paulo Bellinati (1950- ) – Jongo
  • Daniel Murray (1981- ) – Interlúdio
  • Heitor Villa-Lobos (1887-1959) – Estudo Nº 12

FÁBIO CARAMURU, piano

  • Carlos Gomes (1836-1896) – A Cayumba (Dança dos negros)
  • Camargo Guarnieri (1907-1993) – Dança negra
  • Antonio Carlos Jobim (1927-1994) e Vinícius de Moraes (1913-1980) – Água de beber
  • Baden Powell (1937-2000) e Vinícius de Moraes (1913-1980) – Consolação

HERCULES GOMES, piano, LEANDRO OLIVEIRA, flauta, & JOELSON MENEZES, clarinete

  • Abel Ferreira (1915-1980) – Chorando baixinho
  • Raul de Barros (1915-2009) e Ary dos Santos (?) – Na Glória
  • Patápio Silva (1880-1907) – Primeiro amor
  • Pixinguinha (1897-1973) – Gargalhada
  • Ernesto Nazareth (1863-1934) – Confidências
  • Radamés Gnattali (1906-1988) – Remexendo
  • Pixinguinha (1897-1973) e Benedito Lacerda (1903-1958) – 1 x 0

 

SEXTA-FEIRA, 29 de Julho & DOMINGO, 31 de Julho – 19h15

PATRICIA RIBEIRO, violoncelo,  MARCO BERNARDO, piano

  • João Linhares (1963- ) – Coco
  • Eloá Gonçalves (1986- ) – Maracatu

MARCO BERNARDO, piano

  • Heitor Villa-Lobos (1887-1959) – Estrela é lua nova
  • Fructuoso Vianna (1896-1976) – Dança de negros

EDNA D’OLIVEIRA, soprano,  EDINEIA DE OLIVEIRA, mezzo soprano, & MARCO BERNARDO, piano

  • Heitor Villa-Lobos (1887-1959) – Estrela é lua nova
  • Marlos Nobre (1939- ) – Dengues da mulata desinteressada
  • Waldemar Henrique (1905-1995) – Abaluaiê
  • Francisco Mignone (1897-1986) – Quizomba, Dança do rei Chico com a rainha N’Ginga
  • Hekel Tavares (1896-1969) e Joracy Camargo (1898-1973) – Leilão
  • Êrnani Braga (1888-1948) – O Kinimbá e Nigue-Nigue-Ninhas
  • Hervé Cordovil (1914-1979) – Prece a São Benedito
  • Heitor Villa-Lobos (1887-1959) – Xangô

Entremeadas às peças acima, serão cantadas a capella as seguintes canções africanas:

  • ‘Shosholoza’, ‘Nkosi, Nkosi’, ‘Itonga’, ‘Siyahamba’ e ‘Nkosi Sikelelel’ iAfrika’

 

S E R V I Ç O

CONCERTOS AFRO-BRASILEIROS
Local: CAIXA Cultural São Paulo
(Praça da Sé, 111 – Centro)
Data: de 28 a 31 de Julho de 2016 (quinta-feira a domingo)
Hora: 19h15
Informações: (11) 3321-4400
Classificação indicativa: livre
Capacidade: 80 lugares
Duração: 60 minutos
Entrada franca (ingressos distribuídos a partir das 9h da manhã do dia de cada apresentação)
Acesso para pessoas com deficiência

Realização: Echo Promoções Artísticas | www.echobr.com.br
Patrocínio: Caixa Econômica Federal

Assessoria de Imprensa do espetáculo
Matias José Ribeiro | Gabinete de Comunicação
matias.ribeiro@gabinete.com.br
(11) 3082-5444  &  98102-9870
Assessoria de Imprensa da CAIXA Cultural São Paulo (SP)
(11) 3549-6001
www.caixa.gov.br/imprensa | @imprensaCAIXA
www.facebook.com/CaixaCulturalSaoPaulo

 

 

Sopranos Sumi Hwang e Jodie Devos

DATAS E PROGRAMAS

CONCERTOS

20 de agosto | quinta-feira | 20h | Teatro Amazonas | Manaus (AM)
Sumi Hwang & Jodie Devos (sopranos)
Concerto com a Orquestra Amazonas Filarmônica
Regência: Maestro Luiz Fernando Malheiro
Local: Teatro Amazonas | Largo São Sebastião, s/nº – Centro – Manaus (AM)

Ingressos: Plateias e frisas R$ 20 (com meia-entrada). Entrada franca nos demais pavimentos (retirada na bilheteria no dia do concerto)

W. A. Mozart Abertura da ópera “As Bodas de Fígaro” (orquestra)
Sull’aria… Che soave zeffiretto, de “As Bodas de Fígaro” (dueto)
Giunse alfin il momento… Deh vieni, non tardar, de “As Bodas de Fígaro” (Jodie Devos)
Ach, ich fühl’s, es ist verschwunden, da ópera “A Flauta Mágica” (Sumi Hwang)
O, zittre nicht, mein lieber Sohn, de “A Flauta Mágica” (Jodie Devos)
Der Hölle Rache, de “A Flauta Mágica” (Jodie Devos)

R. Wagner      Abertura da ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberg” (orquestra)

C. Gounod      Je veux vivre, da ópera “Romeu & Julieta” (Sumi Hwang)

G. Puccini       Si, mi chiamano Mimì, da ópera “La Bohème” (Sumi Hwang)

G. Donizetti    Regnava nel silenzio, da ópera “Lucia di Lammermoor” (Jodie Devos)

G. Puccini       O, mio babbino caro, da ópera “Gianni Schicchi” (Sumi Hwang)

J. Offenbach   Belle nuit, ô nuit d’amour, da ópera “Os Contos de Hoffmann” (dueto)

30 de agosto | domingo | 11h | Theatro Municipal | São Paulo (SP).
Sumi Hwang & Jodie Devos (sopranos)
Concerto com a Orquestra Experimental de Repertório (Série Jeans e Camiseta)
Regência: Maestro Carlos Moreno
Local: Theatro Municipal | Praça Ramos de Azevedo s/nº – Centro – São Paulo (SP)
Ingressos: Entrada Franca – retirada de até 2 ingressos por pessoa, a partir de 3 horas antes do início do espetáculo, na bilheteria do Theatro

W. A. Mozart              Abertura da ópera “As Bodas de Fígaro”

S. Rachmaninoff        Ne pov krasavitza pri mne (Sumi Hwang)

C. Gounod                   Je veux vivre, da ópera “Romeu & Julieta” (Sumi Hwang)

G. Puccini                   Si, mi chiamano Mimì, da ópera “La Bohème” (Sumi Hwang)

G. Puccini                   O, mio babbino caro, da ópera “Gianni Schicchi” (Sumi Hwang)

W. A. Mozart              Abertura da ópera “A Flauta Mágica”

W. A. Mozart              Der Hölle Rache, de “A Flauta Mágica” (Jodie Devos)

W. A. Mozart              Una donna a quindici anni, da ópera “Così Fan Tutte” (Jodie Devos)

L. Delibes                    Ah! Où va la jeune indoue, da ópera “Lakmé” (Sumi Hwang)

G. Donizetti                Regnava nel silenzio, da ópera “Lucia di Lammermoor” (Jodie Devos)

W. A. Mozart              Sull’aria… Che soave zeffiretto, de “As Bodas de Fígaro” (dueto)

L. Delibes                    Dueto das Flores (dueto)

RECITAIS
23 de agosto | domingo | 17h | Sala Cecília Meirelles | Rio de Janeiro (RJ)
Sumi Hwang & Jodie Devos (sopranos)
Recital de Canto e Piano
Piano: Marco Bernardo
Local: Sala Cecília Meirelles | Largo da Lapa, 47 – Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Ingressos: R$ 40 (com meia-entrada)
www.ingresso.com

31 de agosto | segunda-feira | 20h30 | Capela Santa Maria| Curitiba (PR).
Sumi Hwang & Jodie Devos (sopranos)
Recital de Canto e Piano
Piano: Marco Bernardo
Local: Capela Santa Maria | Rua Conselheiro Laurindo, 43 – Centro – Curitiba (PR)
Ingressos: R$ 20 (com meia-entrada).  www.ingresso.com

S. Rachmaninoff        Ne pov krasavitza pri mne (Sumi Hwang)

G. Donizetti               Regnava nel silenzio, da ópera “Lucia di Lammermoor” (Jodie Devos)

C. Gounod                 Je veux vivre, da ópera “Romeu & Julieta” (Sumi Hwang)

W. A. Mozart             Der Hölle Rache, de “A Flauta Mágica” (Jodie Devos)

Gluck-Sgambati         Melodia, de “Orfeu e Eurídice” (piano solo, Marco Bernardo)

G. Puccini                   Si, mi chiamano Mimì, da ópera “La Bohème” (Sumi Hwang)

W. A. Mozart             Una donna a quindici anni, da ópera “Così Fan Tutte” (Jodie Devos)

G. Puccini                   O, mio babbino caro, da ópera “Gianni Schicchi” (Sumi Hwang)

L. Delibes                   Ah! Où va la jeune indoue, da ópera “Lakmé” (Sumi Hwang)

G. Verdi                      Prelúdio, Ato III, da ópera “La Traviata” (piano solo, Marco Bernardo)

W. A. Mozart             Sull’aria… Che soave zeffiretto, de “As Bodas de Fígaro” (dueto)

J. Offenbach              Barcarolle, da ópera “Os Contos de Hoffmann” (dueto)

L. Delibes                   Viens, Mallika… Sous le dôme épais, da ópera “Lakmé” (dueto)

 

Patrocínio | Peróxidos do Brasil e Coimpa Industrial Ltda.
Apoio | Embaixada da Bélgica
Realização | Echo Promoções Artísticas

Virtuoses do piano brasileiro

VIRTUOSES DO PIANO BRASILEIRO REÚNE JOVENS EXPOENTES
DO INSTRUMENTO EM CONCERTOS GRATUITOS,
DE 30 DE JULHO A 2 DE AGOSTO, NA CAIXA CULTURAL, EM SP

Festival, que tem curadoria de Fábio Caramuru e apoio institucional da Fundação Magda Tagliaferro, reúne Fabio Martino, Juliana D’Agostini, Hercules Gomes e Ronaldo Rolim. 

Inédito, o festival Virtuoses do Piano Brasileiro apresenta, de 30 de julho a 2 de agosto, na Caixa Cultural, em São Paulo, quatro jovens pianistas do país que já contam com prestígio internacional, em apresentações gratuitas, sempre às 19h15: Fabio Martino (30/7), Juliana D’Agostini (31/7), Hercules Gomes (1/8) e Ronaldo Rolim (2/8).

Os programas das apresentações contemplam o período clássico de Mozart e Beethoven, o romantismo de Chopin, Schubert e Liszt, o impressionismo de Ravel e a obra do compositor brasileiro Ernesto Nazareth.

Sob a curadoria de Fábio Caramuru, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio institucional da Fundação Magda Tagliaferro, a proposta do projeto é mostrar, por meio de diferentes trajetórias de superação, como é possível atingir o reconhecimento em uma carreira cercada de inúmeras incertezas e obstáculos. Para tanto, após os recitais, cada artista participará de uma entrevista aberta à participação do público, mediada pelo curador e por Cecília Ribeiro, diretora da Fundação.

“Acreditamos que, ao compartilharem suas experiências pessoais em busca do sucesso, os artistas podem estimular outros jovens interessados em trilhar a profissão de músico”, afirma Caramuru.

 

Brasil em Dois Pianos

O duo Brasil em Dois Pianos, formado pelos pianistas Fábio Caramuru e Marco Bernardo, fará turnê por cinco capitais brasileiras no mês de novembro: São Paulo (7), Rio de Janeiro(9), Curitiba (17), Brasília (19) e Belo Horizonte (26). Intitulada Tom Jobim, 20 Anos de Saudade, a série de apresentações é uma homenagem ao maestro soberano e lembra sua parceria com outro grande artista brasileiro: Radamés Gnatalli. O projeto conta com o patrocínio dos Correios, sendo mais uma realização da Echo Promoções Artísticas.

 Em São Paulo (Museu da Casa Brasileira) e Brasília (Casa Thomas Jefferson) a entrada é franca; já em Curitiba (Capela Santa Maria), Rio de Janeiro (Espaço Tom Jobim) e Belo Horizonte (Teatro Bradesco), os ingressos custam entre R$ 5 e R$ 20 (ver tabela de serviço).

Fábio Caramuru é um dos maiores especialistas do Brasil em Tom Jobim, tema de seu mestrado pela ECA-USP. Além disso, lançou em 2007 o CD duplo Piano – Tom Jobim por Fábio CaramuruMarco Bernardo, por sua vez, é nome de referência no país quando se trata do legado de Radamés Gnattali. Em 2012, lançou o CD duplo Radamés Gnattali: Integral dos Choros para Piano Solo.

 

PROGRAMA

Samba do avião (Tom Jobim) / Zanzando em Copacabana (Radamés Gnattali) / Remexendo (Radamés Gnattali) / Two kites (Tom Jobim) / Alma brasileira (Radamés Gnattali) / Prelúdio nº 4 (Chopin) / Insensatez (Tom Jobim) / Desafinado (Tom Jobim) / Dindi (Tom Jobim) / Meu amigo Radamés (Tom Jobim) / Domingo no parque (Gilberto Gil) / Serenata do Adeus (Vinicius de Moraes) / Baião malandro (Egberto Gismonti) / Samambaia (Cesar Camargo Mariano) / Cristal (Cesar Camargo Mariano) / Águas de março (Tom Jobim). Duração aproximada: 80 minutos.

 

Sobre os Músicos

Fábio Caramuru estudou piano com Magda Tagliaferro, uma das mais importantes pianistas brasileiras, em Paris, com bolsa do governo francês, na década de 1980. Ganhou diversos prêmios no Brasil, destacando-se o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte em 1991. Apresenta-se regularmente no Brasil, Estados Unidos e Europa, em recitais solo e com orquestra. É mestre pela ECA-USP.

Em 2007, participou de diversos eventos comemorativos, em razão dos 80 anos do nascimento de Tom Jobim, tendo sido solista da Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo – OSUSP, na Sala São Paulo, e da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, no Theatro São Pedro.

Após dedicar-se por muitos anos ao repertório tradicional e brasileiro, sobretudo a arranjos e gravações da música de Tom Jobim, Caramuru passou a desenvolver também, desde 2003, um trabalho autoral diferenciado, com o lançamento do CD Moods Reflections Moods. Em seguida, trabalhou com o contrabaixista Pedro Baldanza, intensificando e aprimorando seu trabalho autoral, com quem lançou o CD Bossa in the Shadows, uma coletânea de composições e improvisações originais, produzido por Heiner Stadler, do selo Labor Records, de Nova York.

Nos últimos anos, Caramuru tem acumulado em sua agenda uma série de recitais em espaços como Sala São Paulo, Memorial da América Latina, Centro Cultural São Paulo, unidades do SESC, Auditório Ibirapuera, Palácio das Artes (BH); Apresentou-se como solista de orquestras como OSESP, OSUSP, Jazz Sinfônica, Filarmônica de Minas Gerais,  Orquestra Sinfônica de Londrina, além de ter feito apresentações de música brasileira na Universidade de Toronto e no prestigiado Zinc Bar de Nova York.

Recentemente, foi convidado pelo Europalia International Arts Festival e se apresentou como solista da Brussels Phillharmonic Orchestra, em Bruxelas, além de realizar shows de Jazz em importantes casas da Europa, como o Jazz Club Moods, em Zurich. Destacam-se também suas apresentações como solista da Orquestra do Theatro São Pedro, em São Paulo e sua participação no Festival Internacional de Jazz de Havana, Cuba. Em julho de 2014, realizou em São Paulo o projeto “Tom Jobim, 20 anos de saudade”, com patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Atualmente, vem se dedicando ao projeto autoral “EcoMúsica”, baseado na interação entre música e sons da natureza brasileira em seus diversos ecossistemas, bem como ao projeto “Brasil em Dois Pianos”, com o pianista e arranjador Marco Bernardo, além de coordenar, pelo quinto ano consecutivo, as turnês brasileiras dos vencedores do Concurso Rainha Elisabeth da Bélgica.

Mais informações: www.fabiocaramuru.com.br  

Natural de São Paulo, capital, Marco Bernardo é um músico eclético, respeitado no meio musical por um talento incomum que o permite transitar fluentemente pelos mais variados meios de expressão musical, tanto na música erudita como na popular.

É pianista e atuou como diretor musical em numerosas gravações, destacando-se os CDs CarinhosoHomenagem a CanhotinhoEncoresO Cancionista e o recentíssimo álbum duploRadamés Gnattali: Integral dos Choros Para Piano Solo; atua também como Regente e idealizador de corais em São Paulo desde 1984, com trabalhos também registrados em CDs além de ser arranjador e compositor com obras editadas pela Irmãos Vitale.

Pianista solista e acompanhador, atua junto à nata dos cantores líricos e populares brasileiros e foi ligado ao Teatro Municipal de São Paulo por cerca de 20 anos a partir de 1989. Marco Bernardo é um reconhecido pesquisador da música popular brasileira, tendo sido premiado pela Fundação Vitae em 1993, ocasião em que editou pela Irmãos Vitale os livrosNabor Pires Camargo, Uma Biografia Musical (2002) e Waldir Azevedo, Um Cavaquinho na História (2004).

Maiores informações: http://www.echobr.com.br/artistas

 

SERVIÇO

SÃO PAULO (SP)
Data: 7 de novembro, sexta-feira, 20h
Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2.705.
Informações: 11 3032 3727.
Concerto gratuito / Recomenda-se chegada com 1 hora de antecedência.

RIO DE JANEIRO (RJ)
Data: 9 de novembro, domingo, 17h
Local: Espaço Tom Jobim, Jardim Botânico
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1.008.
Informações: 21 2274 7012.
Ingressos: R$ 20 e R$ 10

CURITIBA (PR)
Data: 17 de novembro, segunda-feira, 20h
Local: Capela Santa Maria
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
Informações: 41 3321 2840
Ingressos: R$ 20 e R$ 10

BRASÍLIA (DF)
Data: 19 de novembro, quarta-feira, 20h.
Local: Casa Thomas Jefferson
Endereço: SEP Sul 706/906
Informações: 61 34425501 ou pelo site www.thomas.org.br
Concerto gratuito – Recomenda-se chegada com 1 hora de antecedência.

Belo Horizonte (MG)
Data: 26 de novembro, quarta-feira, 20h30.
Local: Teatro Bradesco
Endereço: Rua da Bahia 2244 – Lourdes – BH
Informações: 31 3516 1360
Ingressos R$ 10 e R$ 5

Tom Jobim, 20 anos de saudade

17 a 20 de julho de 2014

Caixa Cultural | São Paulo

Tom Jobim foi o compositor que sintetizou com mais criatividade e abrangência os diversos gêneros e estilos de música brasileira: a canção, o samba-canção, o samba, a bossa nova, o choro, a valsa, a modinha, a toada, o baião, entre tantos outros.

O projeto pretende vivificar a memória desse grande artista brasileiro, trazendo para o público uma amostra significativa de cerca de 70 músicas de sua produção, interpretadas por músicos especializados, além de oferecer um encontro com o público com a participação de grandes nomes da música e do jornalismo.

Fábio Caramuru, curador do projeto, tem uma longa ligação com a obra de Tom Jobim, tendo realizado seu mestrado na ECA USP sobre o tema, além de ter gravado obras inéditas e divulgado o trabalho de Jobim com grande sucesso em diversos países do mundo. Foi também o responsável pela curadoria e produção do projeto Tom Jobim 80 Anos, realizado no Centro Cultural Correios do Rio de Janeiro, em 2007.

Tom Jobim, 20 anos de saudade

Com Fábio Caramuru, Marco Bernardo, Alaide Costa, Giba Estebez, Paula Morelenbaum, Jacques Morelenbaum, Mario Adnet, Julio Medaglia, Tarik de Souza.

Curadoria |Fábio Caramuru

Realização| Echo Promoções Artísticas

Patrocínio | Caixa Econômica Federal

Turnê com o pianista Boris Giltburg

1 a 10 de junho de 2014

Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, São Paulo e Distrito Federal

A Echo Promoções Artísticas realizará uma turnê brasileira com o excepcional pianista israelense Boris Giltburg, grande vencedor do disputado Concurso Rainha Elisabeth da Bélgica de 2013. Seu pianismo impecável e sua sensibilidade apurada lembram muito a genialidade artística de Vladimir Horowitz.

Calendário de apresentações:

1 de junho, domingo, às 17 h | Rio de Janeiro – RJ
Série Medalhas de Ouro
| Recital *
Cidade das Artes – Grande Sala
Av. das Américas, 5.300 – Barra da Tijuca | Informações: 21 3325 0102
Ingressos | Frisas e camarotes: R$ 20, Plateia: R$ 30, Galeria: R$ 15
Bilheteria (terça a sexta, 13h às 19h): 21 3328 5300
Vendas online: www.ingressorapido.com.br | Vendas por telefone: 4003 1212

3 de junho, terça-feira, às 20h30 | Belo Horizonte – MG
Concerto com a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais
Regência | Fabio Mechetti

RACHMANINOFF | Concerto para piano nº 1 em fá sustenido menor, op. 1

Palácio das Artes
Av. Afonso Pena, 1537 – Centro | Informações: 31 3236 7400
Ingressos: R$ 18,00 a R$ 70,00
Ingressos à venda na bilheteria do Palácio das Artes,
de segunda a sábado, das 10h às 21h

7 de junho, sábado, às 20h | São Paulo – SP | Recital *
Centro da Cultura Judaica
Rua Oscar Freire, 2500 – Sumaré (ao lado da estação de metrô Sumaré)
Grátis – Retirada de ingressos com uma hora de antecedência
(2 ingressos por pessoa)

8 de junho, domingo, às 16h | Curitiba – PR |Recital *
Capela Santa Maria
Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
Informações: 41 3321 2840
Ingressos: R$ 10,00 a R$ 20,00

10 de junho, terça-feira, às 20h30 | Brasília – DF
Concerto com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional
Regência | Claudio Cohen

PROKOFIEFF | Concerto para piano nº 3 em dó maior, op. 26

Teatro Pedro Calmon
Setor Militar Urbano
Informações: 61 3415 4184
Grátis – Retirada de ingressos com uma hora de antecedência

* Programa dos recitais:

Beethoven | Sonata Patética (somente no recital realizado no Rio de Janeiro)
Rachmaninov | Momentos Musicais nº 1,2,3,4
Schumann | Fantasiestuecke, op.12
Prokofiev | Sonata nº 7

Realização| Echo Promoções Artísticas

Patrocínio | Tractebel Energia, Peróxidos Solvay e BNP Paribas