O violoncelista francês Victor Julien-Laferrière, vencedor, em 2017, do célebre Concurso Rainha Elisabeth da Bélgica, realiza, de 26 de abril a 10 de maio de 2018, uma turnê por cinco cidades brasileiras: Belo Horizonte, Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro e  e Curitiba.

A turnê se realiza sob coordenação de Cristina Barros Greindl, brasileira radicada em Bruxelas desde 1987, conta com direção artística do pianista Fábio Caramuru e produção da Echo Promoções Artísticas. O patrocínio é das empresas EngiePeróxidos do Brasil e Fundação BNP Paribas.

 

 

Turnê inédita com violoncelista francês, em cinco cidades do Brasil

26 de abril | quinta | 20h30 | Concerto
27 de abril | sexta | 20h30 | Concerto
Belo Horizonte | MG | Sala Minas Gerais
Orquestra Filarmônica de Minas Gerais

Marcos Arakaki | Regente
Ingressos | de R$ 50,00 a R$ 116,00 (com meia-entrada)
Informações | 31 3219 9000 ou filarmonica.art.br

Schumann
Genoveva, op. 81: Abertura
Elgar
Concerto para violoncelo em mi menor, op. 85
Shostakovich
Sinfonia nº 5 em ré menor, op. 47

2 de maio | quarta | 20h | Recital *
Florianópolis | SC | Teatro Governador Pedro Ivo
Rodovia SC 401, Km 15, n° 4600
Grátis


6 de maio | domingo | 12h | Concerto
São Paulo | SP | Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo s/nº | Centro
Orquestra Sinfônica Heliópolis
Isaac Karabtchevsky | Regente

Tchaikovsky
Variações Sobre Um Tema Rococó, op. 33
Dvorák
Sinfonia nº 6 em Ré Maior, op.60


8 de maio | terça | 21h | Recital *
São Paulo | SP | Auditório do MASP
Av. Paulista, 1578 | Bela Vista
Ingressos | R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 meia
Informações | 11 3149 5920


9 de maio | quarta | 20h | Recital *

Rio de Janeiro | RJ | Sala Cecilia Meireles
Largo da Lapa, 47 | Centro
Ingressos R$ 40,00 e R$ 20,00 (meia-entrada)
www.ingressorapido.com.br
Informações | 21 2332 9223


10 de maio | quinta | 20h | Recital *

Curitiba| PR | Capela Santa Maria
R. Conselheiro Laurindo 273 | Centro
Ingressos | R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia-entrada)
Informações | 41 3321-2840

* Nos recitais, o violoncelista Victor Julien-Laferrièrre será acompanhado pela pianista Araceli Chacon, apresentando o programa abaixo:

Schumann
5 peças em estilo folclórico, op.102
Dvorak
Rondó em sol menor para violoncelo e piano, op. 94, B. 171
Waldesruhe nº 5 (Bosque silencioso), op. 68
Dança eslava nº 8 em sol menor, op. 46
Grieg
Sonata em lá menor para violoncelo, op.36


Victor Julien-Laferrière, violoncelista

Nascido em Paris em 1990, Victor Julien-Laferrière começou a estudar violoncelo com René Benedetti e, em seguida, se aprimorou com Roland Pidoux, no Conservatório de Paris, com Heinrich Schiff, na Universidade de Viena, e com Clemens Hagen, no Mozarteum, em Salzburgo. Também participou de 2005 a 2011 da International Music Academy, de Seiji Ozawa, na Suíça.

Em 2017, Laferrière venceu o Concurso Rainha Elisabeth, em Bruxelas, após ter obtido também o primeiro lugar em dois prêmios especiais, em 2012, na Prague Spring International Competition.

O violoncelista se apresentou como solista com a Orquestra Filarmônica da Rádio da França, com a Orquestra de Câmara de Paris, com a Filarmônica de Bruxelas, com a Orquestra de Câmara de Valônia, com a Orquestra Nacional da França, entre outras. Também foi convidado do Concertgebouw de Amsterdam, do Theatro dos Champs Elysées, da Filarmônica de Essen, do Auditório do Louvre, do Palácio de Belas Artes de Bruxelas, bem como de festivais como o Musicaux de Gstaad, do Mecklenburg-Vorpommern, do Museu de Louisiana, da Rádio France de Montpellier, do Autunno Musicale di Caserta, de Tokyo etc.

Laferrière é também um camerista bastante requisitado, tendo se apresentado ao lado de Augustin Dumay, Renaud Capuçon, Adam Laloum, Jonas Vitaud, Raphaël Sévère, Lise Berthaud, Quatuor Strada, entre outros. Fundou, em colaboração com Adam Laloum e Mi-Sa Yang, o “Trio les Esprits”, que assinou um contrato exclusivo com a Sony Music. Suas Sonatas para Clarinete de Brahms, gravadas pelo trio (com Adam Laloum e Raphaël Sévère), receberam o Diapasão do ano de 2015, e uma nota excelente na revista Télérama. Seu último trabalho foi lançado em 2016, com o pianista Adam Laloum (Mirare): Sonatas para Violoncelo de Debussy, Franck e Brahms, tendo também recebido o Diapasão de 2017, uma excelente nota na Télérama, bem como o CHOC pela revista Classica.